CBEPJUR

Pós-graduação em Direito Condominial abre portas no mercado de trabalho

Uma área de especialização jurídica que vem ganhando força no mercado e abrindo portas para diversos profissionais é o Direito Condominial.

Advogados que já atuam na área imobiliária e em condomínios empresariais e residenciais podem cursar uma pós-graduação e se atualizar em temas fundamentais para realizar uma gestão de excelência.

O curso de pós-graduação em Direito Condominial não tem apenas este público-alvo. Bacharéis em Direito, síndicos, contadores, administradores, engenheiros e profissionais das mais diversas formações também podem aprofundar e ampliar seus conhecimentos.

Amplas oportunidades de trabalho

A área de atuação para pós-graduados em Direito Condominial é grande e vem crescendo. As razões deste aumento de oportunidades de trabalho são várias.

Mas uma delas é o fato de os condomínios estarem demandando uma administração cada vez mais profissionalizada na medida em que a complexidade do dia a dia nestes ambientes se expande.

Vamos ver um exemplo desta realidade? Uma tendência que ganhou velocidade durante a Pandemia do Coronavírus em 2020 foi o home office em condomínios residenciais.

Apartamentos antes destinados somente à moradia se adaptam pra abrigar também um ou mais escritórios pra que o modelo de trabalho remoto possa ser realizado.

Do outro lado da mesma moeda, o mercado imobiliário vive uma verdadeira reviravolta. Empresas que ocupavam áreas gigantescas em condomínios empresariais perceberam que colocar seus funcionários pra trabalhar em casa compensa muito financeiramente.

Os proprietários desses espaços, pessoas físicas ou jurídicas, estão tendo que reinventar seus negócios. Os coworkings vêm substituindo as salas individuais e de reuniões de uma empresa só, atendendo diversos profissionais liberais, autônomos e equipes de startups.

Somente estas movimentações já justifica a presença de profissionais capacitados em Direito Condominial.

Síndicos profissionais são cada vez mais procurados. Entenda o porquê

Conhecer a fundo a legislação condominial e as especificidades dos contratos condominiais é somente uma pequena amostra do que é solicitado aos que estão atuando como síndicos profissionais.

Os sínicos moradores não estão mais tão presentes quanto foram há alguns anos. Mais uma oportunidade pra pós-graduados em Direito Condominial.

O mercado de síndicos profissionais já está crescendo e tem potencial pra crescer mais ainda por muitos motivos. O primeiro é uma questão orgânica. O Brasil registra um aumento no número de empreendimentos.

Outra vertente que leva ao aumento de síndicos profissionais é a crise no mercado de trabalho. As pessoas estão buscando especializações que garantam seu lugar ao sol, como microempresários ou autônomos.

Salários atraentes

Os salários que podem ser alcançados por um síndico profissional também compensam. Os valores variam bastante de região para região e também porque uma pessoa só pode gerenciar vários condomínios ao mesmo tempo. E a renda obtida depende do perfil deles.

Levando em conta que se pode receber cerca de dois salários mínimos mensalmente pela gestão de um condomínio residencial de médio porte, já dá pra fazer as contas.

Aqui vale ressaltar que trabalhar como síndico profissional não é simples. É preciso acumular muitas funções e responsabilidades. Além de responde legalmente pelo condomínio. Por isso, trata-se de uma profissão muito séria e que exige capacitação pra que os frutos da eficiência possam ser colhidos.

Não são poucas as áreas de conhecimento que o síndico profissional deve dominar. Vão desde o código civil, as leis trabalhistas, contabilidade e administração passando por legislação, direito, gestão empresarial e gestão financeira até recursos humanos, segurança e sustentabilidade.

Como acessar este mercado de trabalho?

Para esta dúvida, a resposta é uma só: tornando-se um especialista em Direito Condominial. O CBEPJUR – Centro Brasileiro De Estudos E Pesquisas Jurídicas oferece curso de pós-graduação neste tema. Em 8 meses, com uma carga horária de 360 horas, você obtém sua certificação. Dê uma olhada em algumas das disciplinas:

  • – Fundamentos do condomínio: direito de propriedade, direitos reais e a origem do instituto;
  • – Condomínio, uso da propriedade, direitos e deveres;
  • – Condomínios, associações e loteamentos;
  • – A administração do condomínio: corpo diretivo e administradora auxiliar de condomínios;
  • – A inadimplência em condomínios;
  • – Legislação e questões controversas em condomínios;
  • – Regramento interno do condomínio: convenção, regimento e decisões assembleares;
  • – Contencioso condominial;
  • – O condomínio: natureza jurídica e questões tributárias, fiscais e contábeis;
  • – A dinâmica da implantação de condomínios e suas decorrências jurídico-administrativas
  • – Os direitos do idoso e acessibilidade em condomínios;
  • – A multidisciplinariedade do condomínio, conselhos e competências profissionais;
  • – Direito Sistêmico aplicado aos Condomínios;
  • – Aspectos criminais no Direito Condominial.

Optando por este curso de pós-graduação em Direito Condominial, você terá aulas ao vivo às terças e quintas-feiras das 18h30 às 21h30. Estas ficam gravadas numa plataforma virtual de aprendizagem própria do CBEPJUR.

De forma que você pode assisti-las novamente ou tirar dúvidas que venham a aparecer enquanto estuda. Você vai interagir com os professores e demais colegas e as avaliações são dentro da mesma plataforma.

Ficou animado nesta especialização jurídica em Direito Condominial? Então faça sua matrícula agora no curso de pós-graduação do CBEPJUR!

Posts relacionados: